Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Mercado nacional regista escassez de papel – gestor

A Cartaplast, empresa especializada na fabricação de caixas de cartão, localizada no Lobito, província de Benguela, vê-se obrigada a importar matéria-prima de Portugal, Espanha, Canadá e Ucrânia, por escassez de papel no mercado nacional, soube a ANGOP esta quarta-feira.

Luanda /
26 Mai 2021 / 15:37 H.

Segundo o coordenador administrativo da empresa, Festo Marques, que não revelou os custos com essa importação, a fábrica tem uma produção de um milhão e duzentas caixas de cartão/mês, fornecendo o seu produto à indústria pesqueira, avicultura e restauração, a nível do País.

A empresa produz vários modelos que podem ser personalizados para cada cliente, tais como embalagens para ovos, bolachas, peixe congelado, banana, garrafas, pizza e outros.

Outro aspecto que pode causar alguns transtornos à empresa, considera Festo Marques, é o facto de importar também peças sobressalentes, já que elas não são fabricadas no País.

Fazem parte do equipamento fabril, uma máquina denominada “case maker”, que transforma a caixa de cartão em vários formatos e outra “onduladora” que fabrica o cartão canelado.

Falando sobre o actual ambiente de negócios, Festo Marques confirmou haver melhorias, referindo-se à diminuição da burocracia.

Em relação ao volume de negócios, sem avançar valores, considerou “estar no bom caminho”, acrescentando que a empresa está em altura da concorrência com outras do ramo.

Embora esteja localizada territorialmente no Lobito, a Cartaplast é parte integrante do Pólo de Desenvolvimento Industrial da Catumbela (PDIC), ocupando uma área de cinco mil metros quadrados.

Iniciou a sua produção em 2020 e actualmente conta com 75 funcionários, dois dos quais são expatriados.