Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Maior fatia da execução orçamental de 2021 foi para o sector social

No sector social, a maior parcela foi para o sector da saúde, destacando-se principalmente a categoria de investimentos.

Angola /
23 Mai 2022 / 08:48 H.

A maior fatia dos projectos de resolução de execução do Orçamento Geral do Estado (OGE), no terceiro e quarto trimestre de 2021, foram para despesas do sector social, informou a secretária de Estado das Finanças Aia- Eza da Silva, nesta quinta-feira (19) na apresentação do relatório de execução do OGE.

O relatório foi aprovado com 116 votos a favor do MPLA e votos contra e abstenções da UNITA, CASA-CE, PRS e da FNLA, noticiou a Lusa.

Na apresentação, a secretária de Estado para o Orçamento e Investimento Público, Aia- Eza da Silva, disse que no terceiro trimestre o preço do barril de petróleo era de 72,4 USD, com registo de produção petrolífera de aproximadamente 1,1 milhão de barris por dia e uma taxa de inflação aproximada de 19%, tendo a receita sido de 3,8 biliões Kz e as despesas cifradas em 2,9 biliões Kz.

Segundo Aia-Eza da Silva, em relação à execução do orçamento, representou 26% do total orçamentado e um crescimento de 36%, comparativamente ao período homólogo de 2020, e 18% em relação à receita do segundo trimestre do ano em análise, representando “um decremento”.

Aia-Eza da Silva disse ainda que as despesas do terceiro trimestre representaram 20% da execução do total orçamentado, menos 5% em relação ao terceiro trimestre de 2020 e menos 8% comparativamente ao segundo trimestre de 2021.

Em termos de despesa sectorial, prosseguiu a governante, o sector com maior despesa, com aproximadamente 38% da despesa executada, foi o sector social, seguido da defesa e segurança.

“No sector social, a maior parcela foi para o sector da saúde, destacando-se principalmente a categoria de investimentos”, informou.