Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Japão regista excedente comercial de 1 990 milhões de euros em Agosto

No mês passado, as exportações japonesas caíram 14,8%, para cerca de 41,9 mil milhões de euros, uma quebra compensada pela redução nas importações, que desceram 20,8%, para 39,9 mil milhões de euros.

Luanda /
16 Set 2020 / 10:08 H.

O Japão registou um excedente comercial de 248 299 milhões de ienes (1,99 mil milhões de euros) em agosto, informou hoje o Governo nipónico.

O saldo positivo é 22 vezes superior ao excedente registado em Julho e contrasta com o défice de 152,2 mil milhões de ienes (1,22 mil milhões de euros) registado em Agosto de 2019, de acordo com dados publicados pelo Ministério das Finanças, citados pela agência de notícias espanhola EFE.

No mês passado, as exportações japonesas caíram 14,8%, para cerca de 5,2 mil milhões de ienes (41,9 mil milhões de euros), uma quebra compensada pela redução nas importações, que desceram 20,8%, para 4,9 mil milhões de ienes (39,9 mil milhões de euros).

Por países, o Japão registou um défice com a China, o maior parceiro comercial, de 57,59 mil milhões de ienes (547 milhões de euros), menos 73,7% do que o saldo negativo obtido um ano antes.

Já com a maior economia do mundo e o segundo maior parceiro comercial, os Estados Unidos, o país asiático alcançou um excedente de 373,1 mil milhões de ienes (2,99 mil milhões de euros), uma queda de 20,3% em relação ao ano anterior.

Com a União Europeia, o terceiro parceiro comercial do Japão, Tóquio registou um saldo negativo de cerca de 81 mil milhões de ienes (650 milhões de euros), uma redução de 35,6% em relação ao período homólogo do ano passado.

Já com o Brasil, o país asiático aumentou o défice comercial em 10,3%, para 41,9 mil milhões de ienes (336 milhões de euros).

Em contrapartida, o Japão obteve no mês passado um excedente comercial com o México, de perto de 24,4 mil milhões de ienes (195 milhões de euros), menos 40,4% que no ano anterior.