Tempo - Tutiempo.net

Guerra comercial custou 7,8 mil milhões USD à economia norte-americana

Um estudo levado a cabo por economistas de reputadas universidades norte-americanas calculou o custo das guerras comerciais impostas por Donald Trump. Em 2018 as importações norte-americanas caíram 31,5% e as exportações recuaram 11%.

EUA /
17 Mar 2019 / 10:38 H.

A guerra comercial levada a cabo pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, custou à economia norte-americana 7,8 mil milhões de dólares (6,82 mil milhões de euros).

Segundo a agência Reuters, as contas foram feitas por um consórcio de economistas das principais universidades norte-americanas que elaboraram um relatório publicado pelo Gabinete Nacional de Economia de investigação (National Bureau of Economic research).

Os autores do relatório, que analisaram o impacto no curto-prazo das medidas proteccionistas impostas por Trump, concluíram que as importações norte-americanas caíram 31,5% e que as exportações recuaram 11%. Os custos anuais dos produtores e consumidores também aumentaram para 68,8 mil milhões de dólares devido ao aumento dos preços dos bens importados para os EUA.

“Depois de se levar em consideração o aumento das receitas das tarifas aduaneiras e dos ganhos dos produtores nacionais devido ao aumento dos preços, a perda agregada foi de 7.8 mil milhões”, o que representa 0,04% dos PIB norte-americano, lê-se no estudo.

Donald Trump tem imposto medidas proteccionistas para proteger a industria de transformação norte-americana. Em particular, o presidente norte-americano tem visado a China para reduzir a balança comercial que os EUA têm com a segunda maior economia do mundo.

Em 2018, Trump ameaçou aumentar as tarifas às importações de bens chineses de 10% para 25%. Desde a cimeira do G-20 na Argentina, no final de novembro, que os dois países têm estado em negociações com vista a um acordo comercial.

A data prevista para a conclusão das negociações era 1 de Março. No entanto, Trump admitiu a extensão das negociações além daquela data.