Governador do Banco de Portugal pediu escusa de assuntos da Caixa Geral de Depósitos em Novembro

O governador do Banco de Portugal pediu escusa de assuntos relacionados com a Caixa Geral de Depósitos há três meses, desde o início de novembro, de acordo com o supervisor.

Porto /
11 Fev 2019 / 14:51 H.

“O Governador esclarece que o pedido de escusa relativamente à participação em deliberações do Banco de Portugal sobre situações abrangidas pela auditoria da EY à CGD foi apresentado na ocasião da primeira deliberação tomada neste âmbito, em 6 de novembro de 2018, e nessa data aceite pelo Conselho de Administração”, segundo um comunicado divulgado esta segunda-feira pela instituição.