Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Fundação BAI e Delegação Provincial da Educação iniciam programa “Ser cidadão”

A Fundação BAI investiu pelo menos 15 milhões Kz no programa “Ser Cidadão” para a formação de formadores para a cidadania.

Luanda /
11 Mai 2022 / 09:24 H.

A Fundação BAI e a Delegação Provincial da Educação de Luanda realizam desde 9 a 12 deste mês, a primeira fase do programa “Ser Cidadão”, para formação de formadores para a cidadania, diz uma nota de imprensa divulgada pela instituição.

Segundo o documento, a formação está a ser feita em formato presencial e comporta 60 subdirectores pedagógicos de escolas primárias do ensino público, compondo a primeira turma de formadores.

Preocupados com o desenvolvimento sustentável da sociedade, a Fundação BAI e a Delegação Provincial da Educação de Luanda, com o programa “Ser Cidadão” irão contribuir para o exercício de boas práticas entre os jovens, promover acções que fomentem o exercício da cidadania em ambiente escolar e ainda desenvolver acções de formação.

A Fundação BAI, explica o documento, investiu pelo menos 15 milhões Kz no programa “Ser Cidadão” para a formação de formadores para a cidadania.

Para Kâmia Madeira, administradora da Fundação BAI, desenvolver competências necessárias ao exercício da cidadania é crucial para a criação de uma geração activa, consciente e responsável.

“Reconhecemos no corpo docente um papel decisivo na construção de futuros cidadãos angolanos, que começa na infância, e por este motivo apostamos na sua capacitação nos diversos domínios da cidadania. Os professores e as crianças são os verdadeiros multiplicadores da cidadania”, afirmou.