Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Francisca de Brito considera difícil a supervisão das organizações sem fins lucrativos

“Pessoas das igrejas ficam mais pobres e os dirigentes mais ricos, é um assunto que deve ser estudado”

Luanda /
03 Mar 2021 / 13:00 H.

A directora da Unidade de Informação Financeira (UIF), Francisca de Brito, considera a supervisão das organização sem fins lucrativos difíceis, sobretudo das igrejas por não ter um controle específico dos fundos.

A declaração foi feita durante o evento “Conversas com Rumo”, que tem como tema central “Como estamos a prevenir o branqueamento de capitais e o financiamento do terrorismo”.

“Pessoas das igrejas ficam mais pobres e os dirigentes mais ricos, é um assunto que deve ser estudado”, exemplificou.

A UIF completou 10 anos de existência no passado dia 15 de Fevereiro, na sequência da celebração, Francisca de Brito, é Keynote Speaker do “Conversas com Rumo” que decorre hoje ( 3 de Março) entre as 9h e as 12h, no Hotel Epic Sana.