Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

FMI favorável a uma revisão do teto da dívida dos EUA

A instituição de Washington baixou esta terça-feira a sua previsão de crescimento para os Estados Unidos em 2021 passando-a para 6%, quando em Julho antecipava 7%.

Luanda /
13 Out 2021 / 09:49 H.

Os Estados Unidos devem encontrar “uma solução com um prazo mais longo” para a gestão da sua dívida, afirmou esta terça-feira a economista-chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), depois da tensão entre democratas e republicanos sobre esta matéria, noticiou o Observador.

“Isso pode ser feito substituindo o teto da dívida por uma espécie de objectivo orçamental a médio prazo ou aumentando automaticamente o limite máximo da dívida”, afirmou Gita Gopinath, na conferência de imprensa destinada a divulgar a actualização das previsões económicas mundiais do FMI.

“Estas repetições constantes (de tensão política no Congresso) não são certamente úteis” para o bom funcionamento da economia, advertiu, acrescentando que dá origem a incerteza, o que afecta os mercados.

“Penso que alguma coisa deve ser reformada”, concluiu.

Após dias de tensão, o Senado norte-americano afastou na passada quinta-feira a ameaça de incumprimento, o que seria grave para os Estados Unidos, ao aprovar um texto que permite subir o teto da dívida, mas só até Dezembro.

O FMI baixou esta terça-feira a sua previsão de crescimento dos Estados Unidos em 2021 passando-a para 6%, quando em Julho antecipava 7%.

No entanto, a previsão para 2022 foi revista em alta para 5,2%, tendo em conta os elevados investimentos previstos pela administração liderada por Joe Biden.