Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Exportações cresceram em volume e receitas

O presidente da Comissão Executiva da Unidade de Trading e Shipping adiantou que o petróleo angolano foi mais vendido à China, Índia, Canadá, Tailândia, África do Sul, Espanha, Taiwan, Chile, Singapura e Holanda, o que inclui cinco novos destinos face ao segundo trimestre.

Luanda /
26 Nov 2021 / 17:10 H.

O volume de vendas da Sonangol registou um crescimento de cinco milhões de barris e cerca de 740 milhões USD em receitas de exortações no terceiro trimestre, face ao período anterior, de acordo com declarações do presidente da Comissão Executiva da Unidade de Negócio de Trading e Shipping, noticiou o Jornal de Angola.

De acordo com Luís Manuel, as vendas totais ascenderam a 43 milhões de barris e a receita bruta a três mil milhões USD naquele período, quando o preço das ramas angolanas foi superior em quatro USD por barril.


"Houve um aumento da receita bruta que resultou precisamente desta combinação de dois factores: a receita bruta correspondeu a um aumento de cerca de 740 milhões USD face à alcançada no trimestre anterior”, frisou.

O presidente da Comissão Executiva da Unidade de Trading e Shipping adiantou que o petróleo angolano foi mais vendido à China, Índia, Canadá, Tailândia, África do Sul, Espanha, Taiwan, Chile, Singapura e Holanda, o que inclui cinco novos destinos face ao segundo trimestre.

A Unidade de Negócio de Trading e Shipping está encarregue da execução das operações de transporte de crude e derivados por via marítima, estando empenhada na renovação da frota de navios, uma parte da qual já no limite do tempo de vida útil, segundo Luís Manuel.

A fonte lembrou que já foi celebrado um pré-acordo com um estaleiro da Coreia do Sul para a construção de dois navios da classe Suezmax, embarcações que transportam cerca de um milhão de barris de petróleo bruto e servirão de suporte da frota internacional a partir de 2023, quando forem entregues.