Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Executivo apoia competitividade das empresas

O secretário de Estado da Indústria, Ivan do Prado, afirmou, nesta quarta-feira, que o Executivo angolano continua a desencadear sinergias para apoiar a internacionalização das empresas nacionais e que as reformas sectoriais, em curso, estão centradas para a melhoria do ambiente de negócios, uma acção que conta com o sector privado.

Angola /
21 Jul 2021 / 17:38 H.

A informação foi avançada durante o webinar sobre “ Os caminhos para a internacionalização das empresas angolanas”, numa iniciativa da direcção da Zona Económica Especial (ZEE) Luanda/Bengo e a Câmara de Comércio e Indústria de Angola (CCIA).

O acordo da Zona de Comércio Livre Continental África (ZCLA), já em vigor, desde Janeiro deste ano, representa inúmeras oportunidades para o sector privado, sem descurar a existência de desafios que exigem das empresas maior capacidade, em termos competitivos, disse Ivan do Prado.

No quadro das suas responsabilidades, afirmou que o Governo tem desenvolvido esforços para a modernização das infraestruturas rodoviárias e ferroviárias e estimular a produção nacional, com os diversos programas alinhados a evolução destes sectores.

Ainda no quadro das reformas, o responsável aponta a simplificação nos procedimentos relacionados com as importações e exportações, cujo objectivo é eliminar os constrangimentos inerentes ao processo de saída e entrada de mercadorias, seguindo os procedimentos da OMC (Organização Mundial do Comércio).

A criação destas medidas, acrescentou, visam promover a internacionalização das empresa nacionais a penetrarem em mercados mais robustos e competitivos, augurando, igualmente, a inserção de Angolanas cadeias de valor regional e global.

Acredita que, com a participação de Angola de forma “activa” em todos os processos de negociações do processo de criação e implementação das comunidades económicas e regionais, como na ZCLA e SADC, permitirá o fomento do comércio intra-regional e estimularas capacidades produtivas entre os estados membros.