Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Executivo adopta "medidas preventivas" para minimizar efeito de sanções sobre Alrosa

"Não estamos dependentes da Alrosa para desenvolver Catoca e Luaxi", disse o ministro Diamantino Azevedo, indicando que o projecto mineiro já iniciou a fase de produção experimental.

Luanda /
12 Abr 2022 / 08:58 H.

O ministro dos Recursos Minerais, Petróleos e Gás disse que o executivo adoptou medidas para minimizar o efeito das sanções sobre a gigante da mineração russa, Alrosa, que participa nos principais projectos diamantíferos em Angola.

A diamantífera estatal russa, que explora a mina de Catoca, principal fornecedora de diamantes em Angola em parceria com a Endiama, e participa também na concessão do projecto mineiro de Luaxi, foi alvo de sanções por parte dos EUA e do Reino Unido devido ao conflito russo.

Durante um encontro com jornalistas em Luanda, para assinalar a abertura das Jornadas do Mineiro, responsáveis desvalorizaram o impacto destas decisões, garantindo que foram adoptadas medidas para minimizar o impacto sobre as operações mineiras em Angola.

"Não estamos dependentes da Alrosa para desenvolver Catoca e Luaxi", disse o ministro Diamantino Azevedo, indicando que o projecto mineiro já iniciou a fase de produção experimental.

O governante sublinhou a "capacidade" dos recursos que tem demonstrado estar preparados para atender as necessidades da indústria mineira e adiantou que existe um "plano de acção".

Temas