Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

“Emergentes” vai apadrinhar novos emitentes na BODIVA

A iniciativa poderá proporcionar a abertura para o surgimento de novas instituições financeiras não bancárias com iniciativas inovadoras de captação de investimento.

Luanda /
13 Set 2021 / 10:31 H.

A presidente do Conselho de Administração da Comissão de Mercado de Capitais (CMC), Maria Uine Baptista disse, recentemente, que está previsto, ainda este ano, o lançamento do programa Emergentes, que tem como objectivo estimular o surgimento de emitentes no mercado de capitais e auxiliar as empresas no processo de crescimento.

Maria Uine Baptista garantiu que para o sucesso deste programa, a CMC conta com a colaboração do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), International Finance Corporation (IFC), FSVC - Financial Services Volunteer Corps, bem como as parceriasfinanceiras Acelera Angola e Deloitte.

Avançou que a iniciativa poderá proporcionar a abertura para o surgimento de novas IFNB (Instituições Financeiras Não Bancárias) com iniciativas inovadoras de captação de investimento.

"É no âmbito deste novo regime, que a CMC e o BNA têm estado a trabalhar no sentido de encontrar um prazo limite para que os bancos transfiram a prestação de serviços e actividades de investimento em valores mobiliários e instrumentos derivados para instituições financeiras não bancárias ligadas exclusivamente ao mercado de capitais e ao investimento”, explicou.

O referido processo vai acontecer por via de mentoria em diferentes aspectos estruturais ligados à organização e funcionamento, bem como analisar as necessidades de financiamento e facilitar a aproximação das empresas aos potenciais investidores.