Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Economia timorense está lentamente a recuperar

A economia de Timor-Leste está lentamente a recuperar, depois de uma recuperação de 2,9% em 2021, a economia está no caminho certo para crescer ainda mais 3,0% em 2022", refere o relatório, com o tema "Honrar o passado, garantir o futuro".

Luanda /
01 Dez 2022 / 09:49 H.

A economia timorense está a recuperar dos efeitos da crise política e da pandemia da COVID-19, mas o país enfrenta vários riscos nos próximos anos, indicou o Banco Mundial, num relatório divulgado hoje.

A economia de Timor-Leste está lentamente a recuperar, depois de uma recuperação de 2,9% em 2021, a economia está no caminho certo para crescer ainda mais 3,0% em 2022", refere o relatório, com o tema "Honrar o passado, garantir o futuro".

"No entanto, o PIB , 'per capita' não regressou aos níveis pré-pandemia. Nos últimos cinco anos, a economia registou três anos de crescimento negativo do PIB real não petrolífero. O PIB 'per capita' diminuiu, a incerteza política, uma emergência sanitária global e uma catástrofe natural afectaram uma economia que depende em grande parte do sector público", sublinha.

O relatório aponta a elevada taxa de inflação do país, a atingir 7,9% em Agosto, como "uma das mais altas da região do Pacífico Oriental", com os preços de bens alimentares a crescerem 8,3%, em parte devido ao aumento dos preços globais dos alimentos, impulsionado por custos mais elevados de transporte e fertilizantes, e preocupações com os impactos das inundações no Paquistão.

"Preços dos produtos alimentares mais elevados colocam o fardo mais pesado nas populações vulneráveis de Timor-Leste", alerta o Banco Mundial (BM).

Do lado positivo, a apreciação de cerca de 10% na taxa de câmbio efectivo (REER) tornou as importações mais baratas para Timor-Leste, cuja moeda oficial é o dólar dos Estados Unidos.