Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Diamantes devem render 1,1 mil milhões USD

Angola está entre os principais produtores de diamantes na região, quer em quilates (4º lugar), como em valor (5º lugar). A produção de diamantes no país, por seu lado, provém de depósitos de kimberlitos, representando 98% do total.

Angola /
10 Set 2020 / 10:15 H.

A Endiama reviu, em baixa os rendimentos deste ano com a venda de diamantes, passando de 1,4 mil milhões para 1,1 mil milhões USD, face à queda de 20% na produção no período de Janeiro a Agosto.

De acordo com o presidente do Conselho de Administração da Endiama, Ganga Júnior, em oito meses, o País produziu 5,3 milhões de quilates de diamantes. Até Dezembro, está prevista uma produção de 8,3 milhões de quilates, contra a meta inicial de 10, 5 milhões de quilates.

Em função do contexto actual, disse, o sector tem alguns stocks de diamantes, como resultado da fraca procura. Todavia, nos últimos tempos, já se começa a sentir a retoma da procura.
Ganga Júnior falava em videoconferência sobre os diamantes, numa iniciativa do Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos.

O ministro Diamantino Azevedo presidiu ao acto de abertura, tendo destacado os avanços alcançados nos últimos dois anos no sector mineiro.
Os dados avançados dão conta que Angola conta, actualmente, com 65 concessões para investimentos no sector mineiro. As previsões apontam para a criação de mais de quatro mil postos de trabalho até 2022, por via de novos projectos, passando o sector a ter 14 mil trabalhadores contra os actuais 10 mil.

Indicações do sector asseguram ter já a Endiama contactos avançados com algumas multinacionais, casos da Rio Tinto e De Beers, para invistementos no sector mineiro nacional.
A videoconferência, sob o lema “Liderando o mundo dos diamantes na nova era”, abordou, entre outros temas, o novo modelo de governação para o sector mineiro e o impacto da COVID-19 na indústria de diamantes.

Realizada no formato webinar (conferência sem interferência da assistência), o evento teve o suporte técnico do grupo internacional de media “The New Jeweller” e visou apresentar os últimos desenvolvimentos e oportunidades de negócios no subsector dos diamantes em Angola, em função da actual conjuntura internacional.

Angola está entre os principais produtores de diamantes na região, quer em quilates (4º lugar), como em valor (5º lugar). A produção de diamantes no País, por seu lado, provém de depósitos de kimberlitos, representando 98% do total.