Crise dos combustíveis: Aviões desviados para Espanha para abastecer

Os controladores aéreos que acompanham de forma próxima o tráfego aéreo ao minuto, informaram na rede social Twitter que os pilotos de voo da Ryanair fizeram uma escala em Santiago de Compostela, Espanha, de forma a abastecer o avião para garantir a capacidade de levantar voo depois de aterrar em Lisboa.

16 Abr 2019 / 17:55 H.

Também a TAP anunciou ao início da tarde que elaborou um plano de contingência para limitar ao máximo o impacto da greve dos motoristas de mercadorias perigosas. A companhia aérea espera que a “situação se resolva com a maior celeridade possível”.

Pelo menos um voo foi cancelado (TP1907 Lisboa–Faro) devido à impossibilidade de abastecimento na cidade algarvia.

Em causa está a greve nacional dos motoristas de matérias perigosas, que começou às 00:00 de segunda-feira, convocada pelo Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), por tempo indeterminado, para reivindicar o reconhecimento da categoria profissional específica, tendo sido impugnados os serviços mínimos definidos pelo Governo.

Entretanto, a portaria que efectiva a requisição civil dos motoristas de matérias perigosas foi hoje publicada em Diário da República e produz efeitos até ao dia 15 de maio.