Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Credit Suisse antevê clima positivo para finanças públicas de cada país

O banco antevê um clima ligeiramente positivo para as finanças públicas de cada país, mas avisa aos investidores que o clima de incerteza actual convida à abertura a uma vasta gama de cenários possíveis.

13 Jan 2021 / 09:40 H.

A análise do banco suíço para 2021 sublinha o impacto das baixas taxas de juro e de inflacção nas economias mais desenvolvidas.

Credit Suisse, argumenta também que 2020 deverá marcar o fim do período de baixo crescimento e inflacção que se vivia na maioria dos países desenvolvidos desde a década de 80.

A análise, começa por destacar o abandono de determinadas referências macroeconómicas e financeiras, como a preocupação com o controlo do défice ou a alocação do crédito por parte dos mercados, em consequência da necessidade de adopção de políticas semelhantes a uma economia de guerra.

As alterações nas políticas monetárias e orçamentais como resposta à pandemia de COVID-19 em grande parte dos países desenvolvidos poderão tornar-se permanentes, com a doença causada pelo novo coronavírus a marcar o fim do período de crescimentos anémicos e inflacção baixa que se vive desde os anos 80, explicita o Credit Suisse na sua perspetiva económica para 2021.