Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Brasil aumenta taxa de juro para 13,75%

O aumento do custo do dinheiro procura abrandar a subida dos preços, que passou de 11,7% em Maio para 11,9% em Junho, situando-se num dos seus níveis mais elevados em 18 anos.

Luanda /
04 Ago 2022 / 09:38 H.

O Banco Central do Brasil aumentou na quarta-feira a sua taxa de juro de referência em meio ponto percentual para 13,75% ao ano, o seu nível mais alto desde Dezembro de 2016.

O aumento do custo do dinheiro procura abrandar a subida dos preços, que passou de 11,7% em Maio para 11,9% em Junho, situando-se num dos seus níveis mais elevados em 18 anos. O aumento de meio ponto percentual é da mesma magnitude que o aumento de meados de Junho, contrariamente às expectativas em alguns sectores do mercado de um aumento mais moderado.

Na décima segunda subida consecutiva da taxa, o banco central considerou que “o ambiente externo permanece adverso e volátil” devido a “um ambiente ainda pressionado pela inflação”.

No entanto, a autoridade monetária advertiu que “o processo de normalização da política monetária nos países avançados acelerou”, o que poderia ser um sinal de uma provável paragem da subida das taxas de juro.

No que respeita à actividade económica brasileira, o conjunto de indicadores indica “crescimento no segundo trimestre, com uma recuperação mais forte do que o esperado no mercado de trabalho”.

Para este ano, o Banco Central estabeleceu um objectivo de inflação de 3,5% com uma margem de tolerância de 1,5 pontos percentuais para cima ou para baixo, elevando o limite máximo para 5%.