Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Bancos regionais com taxas mais atractivas

O Banco Comercial do Huambo (BCH) e o Banco de Investimento Rural (BIR) estão entre as 5 instituições bancárias com as taxas de remuneração dos capitais investidos (depósito a prazo) mais atractivas na maturidade de 90 dias (3 meses).

Luanda /
03 Ago 2021 / 08:00 H.

O Banco Comercial do Huambo (BCH) é, neste momento, a instituição financeira que oferece a taxa de juro mais atractiva para o depósito a prazo. De acordo com a tabela do Banco Nacional de Angola (BNA), na maturidade de 90 dias (três meses), o BCH oferece uma taxa de remuneração dos capitais investidos de 11,4%.

O banco de Fomento Angola (BFA), com 9%, e o Banco (BIC), com 8,75% na mesma maturidade, aproximam-se daquela taxa. Em sentido oposto, o Banco Comercial Angolano e o Standard Bank Angola apresentam as taxas mais baixas com 2%, para igual maturidade (90 dias).

Em Maio, a tabela era liderada pelo BE que oferecia uma taxa de 10%, naquele mês o BCH apresentava uma taxa de 4,3%. Em Julho, a taxa do BCH registou um crescimento de 168,2% estando agora fixada em 11,4%.

Neste particular, o BAI, maior banco em activos do sistema financeiro, apresentou uma taxa de 8% em Maio, e em Julho teve uma redução, fixando-se em 7% permanecendo abaixo do Banco Comercial do Huambo (BCH), Banco de Fomento Angola (BFA), Banco BIC , Banco de Negócios Internacional (BNI) e o Banco Económico (BE) na maturidade de 90 dias em Julho, superando as restantes instituições bancárias.

Na comparação global entre as taxas de juro oferecidas pelos 26 bancos licenciados pelo banco central, o VTB África, Standard Chartered Bank Angola e o Banco da China Limitada não apresentaram registos.

O Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), que não capta depósitos, e o Banco Kwanza Invest (BKI) não fazem parte da tabela e não há algum indicador de avaliação para os mesmos.

A taxa de juro efectiva desconta exactamente os pagamentos ou recebimentos de caixa futuros estimados durante a vida esperada do instrumento financeiro ou, quando apropriado, um período mais curto para o valor líquido contabilístico do activo financeiro ou do passivo financeiro.