Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Bancos preparam conformação à directiva emitida pelo BNA

Representantes do Atlântico, bem como dos bancos de Poupança e Crédito (BPC) e Angolano de Investimentos (BAI) disseram esperar estar conformados com a directiva a 15 de Setembro, no início do prazo concedido pelo banco central para a aplicação da medida.

Luanda /
13 Set 2021 / 10:44 H.

O Atlântico está-se a preparar para se conformar à Directiva 09/2021 do BNA, que sujeita os bancos comerciais a abastecerem os caixas automáticos (ATM) num mínimo de 95% da capacidade total (20 milhões Kz) do dia 25 de cada mês a 5 do mês seguinte, bem como a adoptar horários extraordinários, incluindo aos sábados, para atender os clientes em época de pico.

Numa declaração enviada ao Jornal de Angola, o banco afirmou possuir “uma Direcção de Self Banking, bem como modelos de funcionamento e operacionalização” com potencial para assegurar, no seu parque de ATM, “um serviço regular em todos os pontos de atendimento, em regime de disponibilidade contínua (24 horas nos setes dias da semana), incluindo sábados domingos e feriados”.

No domínio do alargamento dos horários emanado pelo BNA, o Atlântico anunciou que vai retomar as operações adoptadas no contexto da pré-pandemia, quando teve várias agências a funcionar aos sábados e em horário alargado e diferenciado, com agências a abrirem mais cedo e outras mais tarde, estas, deferindo o encerramento.

Num programa difundido, ontem, pelo Canal A da RNA, representantes do Atlântico, bem como dos bancos de Poupança e Crédito (BPC) e Angolano de Investimentos (BAI) disseram esperar estar conformados com a directiva a 15 de Setembro, no início do prazo concedido pelo banco central para a aplicação da medida.

Nesse programa, o director do Departamento de Sistemas do Banco Nacional de Angola (BNA), Edgar Costa, apontou o encerramento de 100 agências bancárias nos últimos 10 meses e a regularidade do pagamento de salários observada nesse período, entre os principais motivos do grande fluxo de clientes nas agências bancárias e ATM.

“O problema não é falta de dinheiro, pois os ATM têm capacidade limitada. Numa altura em que o número de cartões é muito superior e foram encerradas 100 agências bancárias, é necessário optar pelos aplicativos digitais como Internet Banking e Multicaixa Express, como formas de debelar a situação”, disse.

A instituição incumpridora desta medida incorre em penalização, prevista por lei, acentua o BNA.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Bancários (SENEBA), Filipe Makenko manifestou cepticismo quanto aos resultados desta medida. “Este normativo poderá não produzir o efeito desejado, pois o que nos parece é que, os bancos comerciais não têm disponibilidade no que diz respeito ao abastecimento dos caixas automáticas”, disse.