Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Bancos centrais de Angola e Namíbia reforçam cooperação

Os dois bancos centrais concordaram em melhorar a facilitação do comércio, utilizando os acordos actuais e regionais de sistemas de pagamentos transfronteiriços, para garantir remessas de valores mais rápidas.

Luanda /
01 Jul 2022 / 10:39 H.

Os bancos centrais de Angola e da Namíbia decidiram, esta quinta-feira, em Windhoek (Namíbia), cooperar no domínio da promoção dos métodos de pagamento modernizados e digitalmente habilitados entre os dois países.

Os governadores dos bancos centrais dos dois países querem melhorar os regimes de controlo cambial favoráveis ao comércio e proteger a estabilidade e integridade dos respectivos sistemas financeiros, de acordo com um documento do Banco Nacional de Angola (BNA), a que a ANGOP teve acesso.

Neste contexto, os dois bancos centrais concordaram em melhorar a facilitação do comércio, utilizando os acordos actuais e regionais de sistemas de pagamentos transfronteiriços, para garantir remessas de valores mais rápidas, digitalmente habilitadas e com melhor relação custo-benefício.

Na ocasião, o governador do Banco Central da Namíbia Johannes Gawaxab, salientou que a cooperação renovada entre os dois bancos centrais irá facilitar o comércio e contribuir para a recuperação económica nos dois países:

“A cooperação reflecte os laços permanentes de respeito e amizade entre os nossos povos”, sublinhou.

Por seu turno, o governador do BNA, José de Lima Massano, realçou que “a cooperação bilateral é a linha de acção adequada para estreitar laços entre vizinhos que partilham uma história rica, a fim de criar um futuro próspero para ambos os países”.

Para facilitar os pagamentos, em apoio ao comércio entre os dois países, os bancos concordaram em explorar soluções de pagamento inovadoras e instantâneas, bem como outros serviços financeiros ao abrigo das abordagens do “Quadro Regulamentar das Fintech”.