Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

BAD prepara financiamento de 40 milhões a Cabo Verde

“No momento, Cabo Verde gasta cerca de 28 milhões USD a importar alimentos para atender a essa indústria (turismo), e isso é algo que podem fazer imediatamente

Porto /
08 Set 2022 / 09:14 H.

O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) está a preparar um financiamento de 40 milhões de euros para reforçar a produção alimentar em Cabo Verde, face à escalada de preços provocada pela guerra na Ucrânia.

Os 40 milhões de euros vão permitir a Cabo Verde entrar realmente na produção alimentar como um negócio que funciona em várias ilhas, mas também com infraestruturas para o fazer”, afirmou o presidente do BAD, Akinwumi Adesina, durante a visita à ilha cabo-verdiana do Maio, onde participou na inauguração da obra de expansão e modernização do porto local, financiada pela instituição.

Em declarações aos jornalistas, acrescentou que o BAD “pretende apoiar fortemente o Governo de Cabo Verde na agricultura e no estabelecimento de zonas especiais de processamento agroindustrial”, para permitir ao arquipélago ter infraestruturas para processamento de alimentos agrícolas e na criação de uma rede logística de transporte e armazenamento desses produtos, desde logo para fornecer a indústria do turismo, que representa 25% do Produto Interno Bruto (PIB) do país.

“No momento, Cabo Verde gasta cerca de 28 milhões de dólares a importar alimentos para atender a essa indústria [turismo], e isso é algo que podem fazer imediatamente. Portanto, estamos planeando um coinvestimento de 40 milhões de euros. O BAD colocará 20 milhões de euros e outros doadores e parceiros o resto”, explicou Akinwumi Adesina, sobre este pacote de financiamento.