Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

“As importações foram usadas durante muito tempo para colocar dinheiro lá fora de forma ilícita”

O economista chefe do Standard Bank para Angola e Moçambique diz que “durante muito tempo não se fez o que se deveria ter feito e do ponto de vista do compliance, por exemplo, tem havido muito abuso no mercado angolano.

Angola /
02 Dez 2019 / 09:48 H.

O economista chefe do Standard Bank para Angola e Moçambique, Fausio Mussa, não tem a menor dúvida de que “as importações foram usadas durante muito tempo para colocar dinheiro no exterior de forma ilícita”.

O economista fez esta afirmação quando apresentava o resultado do estudo sobre a conjuntura e as perpectivas de crescimento da economia angolana no Briefing Económico do Standard Bank, um evento anual, em que o banco emite o seu parecer sobre todas as variáveis macroeconómicas.

Neste quesito, Fausio Mussa disse que a Conta Corrente da Balança de Pagamentos, que regista os movimentos das transações com o resto do mundo, registou uma queda de 30% em USD, sendo que, apesar da queda, não houve indicações de uma queda significativa do consumo.

“Aqui pensamos que as medidas adoptadas pelo BNA relativamente ao trade começaram a surtir efeito, com mais controlo para garantir que efectivamente seja assegurado apenas as divisas para a importação e não para outros destinos”, comentou o economista chefe do Standard Bank durante a apresentação.

O economista chefe do Standard Bank, o moçambicano Fausio Mussa, encoraja o Governo angolano a prosseguir com as reformas em curso, destacando que o “país não tem como evitar certas reformas”.

“Durante muito tempo não se fez o que se deveria ter feito. Do ponto de vista do compliance tem havido muito abuso neste mercado”, disse o economista chefe do banco de matriz sul-africana para Angola e Moçambique.

  • Últimas Notícias