Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Angola retoma negociação da dívida soberana

João Lourenço manifestou interesse em aderir a iniciativa do G-20 de alívio da dívida dos países africanos e escolheu Emmanuel Macron como interlocutor no processo

Luanda /
01 Jun 2020 / 16:18 H.

O Executivo deu início à renegociação da nossa dívida soberana e comercial com as principais instituições credoras de Angola. Na manhã de hoje o Presidente da República abordou com o seu homólogo francês, Emmanuel Macron, a questão do alívio da dívida aos países africanos.

De acordo com uma nota emitida pela presidência da república, João Lourenço manifestou o interesse de Angola em aderir à iniciativa, o que tem feito também através de acções que estão a ser promovidas pelo Ministério das Finanças.

Recentemente João Lourenço revelou que oportunamente serão conhecidos os resultados do processo de renegociação da dívida soberana. O presidente falava durante o encontro com actores da sociedade civil, realizado na passada sexta-feira, onde lembrou que o processo de negociação foi interrompido por, pelo menos, três meses por força da pandemia da Covid-19, porém já reatado.

Em Dezembro de 2019, Angola liquidou a dívida para com o Brasil.

No encontro o Presidente mostrou-se preocupado com a ameaça do grande endividamento externo e a sua relação com o PIB, assim como a forma de reembolso com colateral de barris de petróleo para com alguns dos principais credores.