Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

710,2 mil milhões de kz para 848 projectos

Desde a operacionalização do PRODESI, em 2019, os bancos envolvidos na estratégia e com mais projectos aprovados foram os de Desenvolvimento Angolano (BDA), com 530 projectos, Angolano de Investimentos (BAI), com 65 projectos, Internacional de Crédito (BIC), com 47 projectos, Fomento Angola (BFA), com 29 projectos e Negócios Internacional (BNI), com 26 projectos. Os restantes bancos constam no conjunto com 151 projectos, que representam 848 projectos alistados.

Luanda /
24 Nov 2021 / 11:32 H.

O financiamento bancário aos projectos do sector produtivo aprovado, até ao momento, no âmbito do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI), totaliza o valor de 710,2 mil milhões de kz, dos quais 303 mil milhões foram efectivamente desembolsados.

Estes dados foram apresentados, esta terça-feira em Luanda, no briefing bissemanal do Ministério da Economia e Planeamento. Segundo o director nacional para a Economia, Competitividade e Inovação, João Nkosi, a banca comercial aprovou um total de 848 projectos, dos 1.984 previstos até 2022, o que representa uma execução de 42,7%.

Segundo esclareceu João Nkosi, beneficiaram do financiamento cerca de 531 empresas das 1.514 previstas e 317 cooperativas das 470 plasmadas no Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN 2018-2022).

Desde a operacionalização do PRODESI, em 2019, os bancos envolvidos na estratégia e com mais projectos aprovados foram os de Desenvolvimento Angolano (BDA), com 530 projectos, Angolano de Investimentos (BAI), com 65 projectos, Internacional de Crédito (BIC), com 47 projectos, Fomento Angola (BFA), com 29 projectos e Negócios Internacional (BNI), com 26 projectos. Os restantes bancos constam no conjunto com 151 projectos, que representam 848 projectos alistados.

Relativamente à distribuição sectorial de projectos por produtos, no mesmo período, o director nacional para a Economia, Competitividade e Inovação, João Nkosi, disse que, o sector da Agricultura lidera a lista com um total de 391 projectos, seguido do Comércio e Distribuição com 231, Indústria Transformadora com 124, Pecuária com 45, Aquicultura com 43, Pesca Marítima com 36, e o sector da Pesca Continental com apenas seis projectos.

Quanto às províncias beneficiadas, Luanda conta actualmente com um total de 186 projectos aprovados, seguido do Benguela com 64, Bengo com 60, Huambo com 59, Huíla com 58, Cuanza-Sul com 48, e as restantes províncias representam 373 projectos aprovados até à presente data.