Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Os melhores destinos do mundo para visitar em 2020

Se quer começar o ano a viajar, trazemos aqui alguns dos melhores locais para visitar a partir Janeiro. A sugestão vem pela conceituada revista Condé Nast Traveller.

07 Jan 2020 / 08:41 H.

Há vários motivos para viajar no ano que agora começa. Primeiro, porque é uma boa forma de começar o ano, além disso é barato. Passados que estão o Natal e a passagem de ano, antes do mês dos namorados e da Páscoa, Janeiro é geralmente uma época baixa, onde é possível encontrar bons preços.

A premiada revista de viagens de luxo e estilo de vida da Condé Nast publicou recentemente os maiores destinos para visitar no primiero mês do ano. Aqui vão os destinos de férias eleitos, com os melhores guias, itinerários, estadias em hotéis, as mais elegantes e com as mais incríveis experiências exclusivas. Durante anos, conversas sobre Cuba se concentraram em torno de como se deve visitar a ilha caribenha agora, há mais opções, hotéis de cinco estrelas a surgirem para substituir os edifícios degradados em tons pastel que definem Havana.

Comece três noites na capital com um passeio em Hemingway num carro clássico, uma visita a um mercado de comida e um almoço tradicional num restaurante. Em seguida, vá a uma plantação de tabaco em Viñales, onde você pode aprender a rolar charutos, e Cienfuegos na costa sul, que é conhecida pela sua arquitectura espanhola-colonial. Depois ainda pode ir a Trinidad, um Património Mundial da UNESCO, com ruas animadas por bandas. Esta emocionante viagem pode incluir uma excursão pela antiga cidade de Jerash (muitas vezes chamada de Pompéia do Oriente por causa de suas ruínas romanas), em seguida, siga para Wadi Rum, um deserto pontuado com dramáticas montanhas de arenito e desfiladeiros (obtenha uma visão panorâmica de um passeio de balão de ar quente ao nascer do sol). Depois de tomar chá com uma tribo de beduínos, suba num camelo para a próxima fase da jornada, para acampar durante a noite e tenha um tradicional churrasco zarb (a carne é cozida no subsolo).

A próxima parada é a cidade de caravana de Petra, que foi esculpida na face da rocha. Desde as calmas represas e praias desertas aos ghats ocidentais cobertos de especiarias e chás, Kerala, é mais conhecida por seus remansos lânguidos e praias. Mas isso é apenas metade da história. Na primeira semana de Janeiro faça um passeio pelas ilhas Gregas de barco privado, parando para nadar em enseadas que só são acessíveis a partir da água e vá a Chora, na ilha Míconos, com as suas praças frondosas, deslumbrantes edifícios de pedra branca e a fortaleza medieval. Então siga para Sifnos, uma ilha que há muito é conhecida pela comida. A melhor maneira de a experimentar é durante uma aula de culinária de quatro horas, a preparar pratos tradicionais. Outro centro das atenções é o movimentado Sri Lanka, com os seus novos restaurantes e inteligentes hotéis. Zona na costa sul clássica, com uma viagem de nove dias, que começa no Taru Villas Rampart Street, em Galle Fort. Um passeio de barco no rio Mahamodara vai levá-lo até uma plantação de côco; outro o levará em um passeio de bicicleta de manhã cedo através de campos de arroz. Siga para leste até o Leopard Safaris de Noel Rodrigo para passeios de carro no Parque Nacional de Yala.

A viagem torna-se memorável, visitando souks e casas de chá tradicionais e de Marrocos. Em seguida vá ao burburinho de Marrakech para uma excursão, numa moto e faça uma tour com um guia. As dunas selvagens e vazias do Deserto de Agafay estão ao lado do itinerário, para passeios de camelo e acampamento sob o céu estrelado, seguido por dois dias de caminhada com guias nas montanhas do Alto Atlas. A Africa Travel propõe uma rota que vai alé m da visita as vinícolas da África do Sul. Esta viagem começa na Cidade do Cabo, com as melhores praias, paisagens e restaurantes do mundo. Depois, subimos a costa até a bela vila de pescadores descalços, Paternoster, para jantares com os pés na areia e aventuras de buggy na praia.