Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Fundação BAI investe 1,4 milhões Kz em projectos de responsabilidade social

Parte do investimento será alocado ao programa de bolsas de estudo “Bolsa de Mérito BAI”, no Instituto Superior de Administração e Finanças (ISAF).

Luanda /
21 Fev 2022 / 16:55 H.

A Fundação BAI (FBAI) vai investir pelo menos 1,4 milhões Kz em projectos de responsabilidade social, diz a Administradora da FBAI, Kâmia Madeira.

Segundo Kâmia Madeira, o investimento será repartido entre a criação e desenvolvimento de projectos próprios, e o financiamento de projectos desenvolvidos por terceiros, submetidos para aprovação mediante concurso que decorre em data a anunciar.

Explica ainda que, os projectos aprovados estarão sujeitos a um processo de monitorização e avaliação continua para assegurar a sua implementação e têm uma estimativa de impactar directa ou indirectamente cerca de 100 mil pessoas.

De acordo com Kâmia Madeira, oportunamente serão divulgados os termos de referência para entidades que queiram beneficiar do financiamento por parte da FBAI, mas devem estar em consonância com as directrizes da fundação.

“Pretendemos alargar a nossa intervenção a todas as províncias do País, mas temos consciência de que é um trabalho que terá de ser feito de modo paulatino”, afirmou.

Parte do investimento, esclarece Kâmia Madeira, será alocado ao programa de bolsas de estudo “Bolsa de Mérito BAI”, no Instituto Superior de Administração e Finanças (ISAF).

“Bolsa de Mérito BAI”

O programa de “Bolsa de Mérito BAI” é composto por dois tipos: bolsa propina; inclui o pagamento de uma propina anual e um subsídio de transporte; bolsa integral, inclui a propina anual e subsídios de alojamento e alimentação.

Anualmente o programa disponibiliza cerca de 100 vagas nos cursos de licenciatura do ISAF, mas neste ano houve um aumento de 100% elevando para 226 o número de vagas com um investimento total de 260,5 milhões Kz para apoiar toda a formação dos estudantes a partir do primeiro ano (2022) até a conclusão das licenciaturas.

Para adesão à bolsa, os interessados devem ter até 21 anos de idade, ensino médio concluído com média igual ou superior a 15 valores e a mesma classificação no exame de acesso ao ISAF, situação militar regularizada e não ser beneficiário de qualquer outra bolsa de estudo.

O processo de selecção das candidaturas decorre em Agosto, período em que os bolseiros passam por um painel de selecção composto por professores do ISAF, técnicos e psicólogos da Academia BAI, bem como por profissionais do BAI.