Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Casa do ex-presidente da Nissan alvo de rusga pelas autoridades do Japão

Procuradores japoneses efectuaram esta quinta-feira uma rusga em casa do ex-presidente da Nissan Carlos Goshn, que conseguiu fugir esta semana do Japão, onde aguardava julgamento sob detenção domiciliária, e chegar a Beirute.

Japão /
02 Jan 2020 / 11:26 H.

De acordo com imagens divulgadas pela imprensa local, meia dúzia de procuradores, envergando fatos escuros e máscaras brancas, entraram esta manhã em casa do empresário, em Minato, na zona central da área metropolitana de Tóquio.

Segundo a televisão pública NHK, a investigação tem como pano de fundo a alegada violação das leis de migração pelo ex-presidente da Nissan, que conseguiu deixar o país ilegalmente sem passar por procedimentos habituais.

As autoridades japonesas confirmaram não existirem registos de quando ou como Carlos Ghosn foi capaz de deixar o arquipélago nipónico.

Fontes ouvidas pela NHK afirmaram que o empresário tinha dois passaportes franceses, um dos quais terá usado para entrar legalmente no Líbano, aparentemente na segunda-feira passada, a bordo de um avião privado e depois de uma escala na Turquia.

Temas