Tempo - Tutiempo.net

Sim, Chefe!

Angola /
05 Set 2019 / 13:18 H.
Naiole Cohen

"Sim, chefe" é a palavra de ordem paratudo correr bem. Quando tudo correbem, está tudo bem. E tudo bem é o descanso das nossas vidas. Então, vamos látodos os dias repetir com força sim chefe para tudo ficar bem. Passividade, estagnação, conformismo e chefes felizes. Osingredientes clássicos para ausência deprogresso e para a bomba da mediocridade. O perigo reside exactamente aí. Não há stress, basta um Sim Chefe e TUDO fica bem. Manter o ambiente, Sim Chefe!

Quer se queira quer não, o Yes man/women só perpetua Estados totalitáriose lideranças cegas e arrogantes que seconsideram os verdadeiros Deuses doSol. Num ambiente Sim Chefe, o chefejamais vai perceber que a inteligênciacolectiva é mais produtiva e eficiente doque o homem mais brilhante sozinho.

O chefe não vai perceber que a evoluçãoé um processo de "discordância e constitui um factor de crescimento e aprofundamento do conhecimento". Comose pretende prosperar sem cabeças independentes,sem discussão de ideias diferentes? Como?

Neste mundo VICA*, as soluções são cada vezmais plurais e vêm de todas as direcções, e é preciso saber mobilizar e atrair. Aliás, sabe-se quepessoas mais críticas são as mais criativas. Assimexplica o estudo publicado em The American Economic Review na Theory of Yes Men. "Os perigos daconcordância sistemática e da recusa de afrontar aopinião generalizada provocam perda de criatividade e decadência de resultados." Por essa razão,os países e empresas com um alto nível de criticalthinking encontram as melhores soluções para osproblemas comuns, pois tudo é colocado à provaaté se encontrar a melhor deliberação.

As equipas dentro das empresas e instituiçõestêm que perceber e aprender a discutir os problemas e os temas e não opiniões pessoais. Discutirsoluções para os problemas e não adequação daideia para acomodar e garantir se A ou B vai gostar. Trabalhar em equipa e produzir resultados nãoé um exercício para se eleger a Miss ouMister simpatia, mas para se produzir amelhor solução ao melhor custo possível. E para isso os interesses têm que setornar interesses de conjunto e não do"chefe". Porque se tudo é para agradarao chefe, corre-se o risco de desonestidade profissional por um lado, e o riscode negócio por outro. Não nos faltamexemplos de negócios geridos para oSim, Chefe e que hoje estão muito abaixo do potencial pois o chefe não tem asabedoria divina.

Os problemas são complexos, masas soluções existem, basta o "chefe" ter a coragemde ter por perto alguns "não, chefe". Homens oumulheres com uma mente independente e com umpensamento crítico mas construtivo. Pois é esta dinâmica que cresce da diversidade, da complementaridade da diferença, que faz o mundo as empresas e famílias prosperarem. Vamos usar a técnicasocrática Maiêutica e apresentar alternativas embusca das soluções.

“Não adianta ter expectativa de um futuro melhor se continuarmos com as mesmas atitudes daquelas que no passado nos desagradou”. Frases do bem

(*)VICA – Volátil, Incerto, Complexo, Ambíguo.