Portugal: Acelerador da economia do mar recebeu 87 inscrições de 29 países

Depois de encerradas as inscrições para o ‘Bluetech Accelerator Ports & Shipping 4.0’, Portugal e os Estados Unidos são os países mais representados, com 13 ‘startups’ cada.

15 Mai 2019 / 16:51 H.

O ‘Bluetech Accelerator Ports & Shipping 4.0’ recebeu um total de 87 inscrições, de 29 países. Este projecto tem como principal desígnio a criação de um ecossistema de inovação na Economia do Mar portuguesa.

“Pretende-se identificar, seleccionar e capacitar as ‘startups’ com modelos de negócios sustentáveis e com potencial de integração de pilotos junto dos grandes ‘players’ nacionais e internacionais da ‘Economia Azul’, numa iniciativa que está a ser liderada pela Direção-Geral da Política do Mar (DGPM) e pela plataforma de inovação Beta-i”, explica um comunicado do Ministério do Mar.

Depois de encerradas as inscrições, para este acelerador, Portugal e os Estados Unidos são os países mais representados, com 13 ‘startups’ cada, seguidos pela Índia, com 10, e pela Alemanha e Reino Unido, com 5 e 4, respectivamente.

“Estes números dizem muito do alcance internacional desta iniciativa, ao mesmo tempo que ajudam a projectar Portugal como país inovador na área da economia do Mar em vários mercados”, destaca o referido comunicado.