Tempo - Tutiempo.net

Huawei garante normal funcionamento dos seus dispositivos

A empresa tecnológica e de infra-estruturas de comunicações Huawei garantiu esta segunda-feira o normal funcionamento dos seus aparelhos – smartphones e tablets – com todas as actualizações de segurança e manutenção de serviços, apesar do anunciado corte no fornecimento de componentes e serviços da Google para o sistema operacional Android, também presente nos aparelhos da Huawei.

China /
20 Mai 2019 / 12:40 H.

“A Huawei continuará a fornecer actualizações de segurança e serviços pós-venda para todos os produtos Huawei, smartphone, tablet e Honor, cobrindo os que foram vendidos e que ainda estão em stock“, fez saber a empresa em através de um porta-voz citado pela “Reuters”.

Esta foi a reacção da empresa chinesa depois de a Google ter suspendido todos os negócios com a Huawei que exigem a transferência de produtos de hardware e software, à excepção daqueles cobertos por licenças de código aberto, conforme avançou no domingo a agência Reuters.

Esta semana Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe o uso de qualquer material da Huawei nos Estados Unidos e os resultados dessa medida já se começaram a fazer sentir, com a Google a suspender parte dos seus negócios com a gigante chinesa.

Segundo a Reuters, a Huawei vai perder imediatamente acesso a actualizações do sistema operativo Android, e a próxima versão dos seus smartphones fora da China vai também perder acesso a aplicações e serviços, incluindo o Google Play Store e o Gmail app.

Dizer que a empresa chinesa, que é a segunda maior fabricante de smartphones do mundo depois da Samsung, assegurou também que continuará “a construir um ecossistema seguro e sustentável”