Tempo - Tutiempo.net

Hays Travel compra lojas Thomas Cook e salva 2.500 postos de trabalho no Reino Unido

A empresa Hays Travel, que assume ser a maior agência independente, adquiriu as 555 lojas que a Thomas Cook detinha e vão empregar “um número significativo” de antigos empregados.

09 Out 2019 / 11:22 H.

“A Thomas Cook era uma marca muito amada e empregava pessoas talentosas”, garantiram os dois presidentes do grupo Hays, John e Irene Hays. “Estamos ansiosos para trabalhar com muitos deles”, sustentaram. A empresa de viagens já contratou 421 ex-funcionários da empresa falida, após ser conhecida a compra da Thomas Cook.

“Este é um resultado extremamente positivo e estamos muito satisfeitos por termos garantido este contrato”, assumiu Jim Tucker, sócio da KPMG e gerente da divisão de retalho da Thomas Cook. “O resultado oferece oportunidades de re-emprego para um número significativo de ex-funcionários da Thomas Cook e protege o futuro dos locais de venda nas principais ruas do Reino Unido”, sublinhou.

A agência Hays Travel assumiu estar disposta a abrir as lojas encerradas desde a falência da Thomas Cook com “efeito imediato, onde é possível, e empregar 2.500 pessoas”. O ‘The Guardian’ avança que há uma vaga de mais de 100 empregos na sede da agência e que os restantes serão operadores das lojas de rua.

A primeira loja da Hays Travel abriu em 1980 e actualmente conta com 190 lojas de viagem espalhadas no Reino Unido, empregando perto de 1.900 funcionários. A agência tem uma facturação anual superior a mil milhões de libras (1,11 milhões de euros).

Temas