Brasil quer exportar açúcar geneticamente modificada para a China

Angola /
16 Mai 2019 / 09:20 H.

O Brasil vai solicitar às autoridades da China autorização para que o açúcar produzido a partir de cana geneticamente modificada possa ser exportada para o país, segundo declarações proferidas quarta-feira em Pequim.

Segundo a agência financeira Reuters o assunto será debatido durante uma visita hoje à Administração Geral de Alfândegas da China, com cujos responsáveis irá argumentar que o açúcar resultante não contém traços dos genes que foram modificados para que a planta possa resistir melhor a pragas e doenças.

O Brasil ainda é um dos poucos países com capacidade para abastecer a China com quantidades suficientes de carne de porco quando o país registar uma quebra na produção de suínos, o que deve ocorrer ainda este ano devido ao surto de peste suína africana, disse a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, Tereza Cristina Corrêa,