Brasil pretende exportar açúcar de cana geneticamente modificada para a China

China /
16 Mai 2019 / 09:36 H.

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil vai solicitar às autoridades da China autorização para que o açúcar produzido a partir de cana geneticamente modificada possa ser exportada para o país, segundo MacauHub.

A ministra Tereza Cristina Corrêa disse à agência financeira Reuters que o assunto será debatido durante uma visita hoje à Administração Geral de Alfândegas da China.

O encontro servirá para analisar se o açúcar resultante não contém traços dos genes que foram modificados para que a planta possa resistir melhor a pragas e doenças.

O Centro de Tecnologia Canavieira do Brasil desenvolveu uma variedade de cana geneticamente modificada que é resistente à broca, principal praga que ameaça a cultura, tendo o governo brasileiro aprovado o seu uso comercial e a agência de regulação dos Estados Unidos “Food and Drug Administration” concluído que o consumo daquele tipo de açúcar é seguro.