Tempo - Tutiempo.net

Kristalina Georgieva pode ser a próxima diretora-geral do FMI

Kristalina Georgieva vai começar a ser entrevistada pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) para o cargo de diretora-geral. O Fundo espera concluir o processo de escolha até ao dia 4 de outubro.

Europa /
10 Set 2019 / 09:37 H.

Segundo o FMI, o período para submeter nomeações para a posição de director-geral terminou na sexta-feira, 6 de Setembro e, uma das candidatas, Kristalina Georgieva, actualmente directora-executiva do Banco Mundial, de nacionalidade búlgara, mostrou a sua vontade em ser nomeada”.

Kristaliana Georgieva deverá assim substituir Christine Lagarde no cargo, que vai ocupar o cargo de governador do Banco Central Europeu (BCE).

“A administração vai agora proceder em linha com o processo descrito na decisão de 26 de Julho, incluindo a realização de encontros entre o candidato e os directores-executivos. O objectivo da administração é para completar o processo de escolha o mais cedo possível, e no limite até 4 de Outubro de 2019”, segundo o FMI.

Na semana passada, o FMI anunciou a aprovação de uma reforma dos estatutos que retira o limite de idade para o cargo de director-geral da instituição, removendo assim o último obstáculo burocrático à nomeação de Kristalina Georgieva.