Exportações do Japão caem novamente em meio à pressão dos EUA em negociações comerciais

As exportações do Japão encolheram pelo quarto mês consecutivo em Março, já que a fraqueza na demanda global continua pesando sobre a economia.

China /
17 Abr 2019 / 17:35 H.

Um dos pontos positivos nos dados recentes - o aumento das remessas para os EUA - pode diminuir se as negociações comerciais com a administração Trump, que começaram esta semana, se tornarem azedas.

O valor das exportações para os EUA subiu pelo sexto mês, em 4,4%, gerando um superávit bilateral de 683,6 mil milhões de ienes em Março, de acordo com o Ministério das Finanças de Tóquio. As vendas para a China caíram, levando a uma queda de 2,4 % no total das exportações.

Os dados foram divulgados na segunda-feira, quando os negociadores concluíram uma rodada inicial de negociações comerciais em Washington que estão sendo usadas pelos EUA para tentar abrir o mercado agrícola do Japão e reduzir o déficit comercial dos Estados Unidos. O Japão conseguiu evitar as negociações por dois anos e agora está tentando evitar tarifas ou cotas nas exportações de automóveis e uma possível cláusula monetária.