Benguela quer produzir 250 mil toneladas de sal por ano

Os operadores do sector salineiro na província de Benguela estão a trabalhar no sentido de produzirem, dentro de dois anos, 250 mil toneladas de sal/ano.

15 Abr 2019 / 09:20 H.

A salina Calombolo produziu, em 2018, 110.000 toneladas e com um pouco mais de investimentos será possível aumentar o volume de produção, nitciou Angop, nesta segunda-feira.

“É uma questão de contas, porque só uma salina já dispõe de uma quota anual considerável no cômputo da produção nacional, cujas estimativas apontam para cerca de 120 mil toneladas de produção interna, contra uma necessidade actual de 250 mil toneladas” realçou o Secretário de Estado das Pescas, Carlos Martinol, que esteve recentemente em Benguela.

Ainda assim, acrescentou, o ministério de tutela proibiu a importação de todo sal grosso, de modo a estimular a produção interna, estando esta pratica relegada apenas para o sal já refinado, em que o défice é maior.