Arábia Saudita afirma que segurança do abastecimento de petróleo está ameaçada

O governo saudita afirmou nesta quarta-feira que os recentes ataques “terroristas” contra navios e instalações petroleiras ameaçam a Arábia Saudita e também a “segurança do abastecimento” de petróleo e a economia mundial.

15 Mai 2019 / 17:54 H.

Segundo AFP, os ataques com drones reivindicados pelos rebeldes huthis do Iêmen provocaram o fechamento de um grande oleoduto na terça-feira na Arábia Saudita.

Os ataques aconteceram um dia depois de actos de sabotagem misteriosos contra quatro navios em águas do Golfo denunciados por Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos.

Apesar dos incidentes, o mercado do petróleo mantém a calma e a oferta mundial permanece estável, segundo a Agência Internacional de Energia (AIE).

“É importante enfrentar as entidades terroristas que cometem tais actos de sabotagem, em particular as milícias huthis apoiadas pelo Irã no Iêmen”, afirmou o ministro saudita da Comunicação, Turki Al Shabanah, depois de uma reunião do governo presidida pelo rei Salman.