Alliance Française realiza curso de Gestão e Produção Cultura

A formação terá uma duração de 25 horas, de acordo com o comunicado de imprensa da assessoria de cultura da instituição, e abordará todo o processo de organização de um evento cultural, desde o planeamento até à pós-produção.

O objectivo é, segundo Thomas Antunes, assessor cultural da Alliance Française, fornecer ferramentas práticas para os agentes da área cultural que querem organizar espectáculos, mostras, ciclos de conferências. Esta formação será gratuita, com um número limitado de vagas.

Para concorrer a uma vaga, os candidatos deverão enviar uma carta de motivação detalhada (explicando o seu projecto) e um currículo. “Todas as pessoas podem candidatar-se, bastando mencionar detalhadamente na carta de motivação essa intenção. Pode ser desde uma pessoa que já trabalha em produção de eventos culturais e quer aperfeiçoar os seus conhecimentos ao estudante que quer ou pensa desenvolver projectos”, explicou Thomas Antunes.

É a segunda vez que a Alliance Française de Luanda realiza o curso intensivo de Gestão e Produção Cultural, mas será a primeira com a formadora brasileira Dedé Ribeiro. As inscrições estarão abertas até 23 de Agosto, e as aulas acontecerão das 16:00 às 21:00 de terça a sexta e das 8:00 às 16:00 no sábado. No final da formação, os participantes deverão comprometer-se a ministrar uma formação de forma gratuita, usando os conhecimentos adquiridos. As candidaturas deverão ser enviadas por e-mail ou entregues na secretaria da Alliance Française de Luanda, sita ao Largo da Sagrada Família, em Luanda, num envelope fechado endereçado à Missão Cultural da AF.
Esta formação será realizada em parceria com a Embaixada da França em Angola e com o apoio de Total E&P Angola, Air France e Dimassaba.

Sobre a formadora

A brasileira Dedé Ribeiro é produtora, jornalista, dramaturga e colagista, com DEA em Produção Cultural pela Universidade de Paris I/Sorbonne, na França, e mestrado em Artes Visuais na UFRGS. Desde 1977, actua como produtora cultural, tendo-se responsabilizado por shows e discos de Nei Lisboa, Nelson Coelho de Castro, Arthur de Faria e Quartchêto, entre outros. Hoje dedica-se à área de formação, com os cursos permanentes ministrados no Centro Histórico-Cultural da Santa Casa, palestras, workshops, e também à consultoria personalizada a artistas e produtores.

Comentários