Porto de Luanda investe 680 mil euros em tecnologias

Seiscentos e oitenta mil euros, é o valor investido pelo Porto de Luanda, para inovação e tecnologia de informação.

Segundo o administrador para área comercial e tecnologias, Manuel Zangui, o objectivo é a facilitar o acesso dos clientes aos movimentos de mercadorias, contas, entre outros.

Falando no segundo dia de exposição na 34ª edição da Feira Internacional de Luanda (FILDA/2018), o gestor disse que o lançamento desse novo programa de internet, surge para melhorar a prestação de serviço e consequentemente evitarem-se as burocracias no desembaraço das mercadorias.

“O principal objectivo da implantação desta tecnologia é facilitar a actividade comercial, prestando à comunidade empresarial um serviço mais célere e eficientes, de modo a lidar com os desafios da globalização e do aumento exponencial do comércio internacional”, referiu.

Com a adopção desta tecnologia actualizada, frisou, Angola continua a reforçar as suas infra-estruturas para apoiar a actividade comercial, inserindo-se na vanguarda dos países que adoptam as melhores práticas internacionais, para lidar com os desafios que se impõem.

Entretanto, o Porto de Luanda  já dispõe de um novo serviço de atendimento ao cliente, denominado Cacifo Electrónico, que permite realizar consultas, movimentações e pagamentos, através do Internet Banking Caixa.

Comentários