Governo detectada irregularidades em instituições públicas

Sebastião Gunza, inspetor-geral da Administração do Estado informa que a gestão financeira e de recursos humanos nas instituições públicas registou “várias irregularidades” em 2018.

A Inspeção Geral da Administração do Estado (IGAE) informou que no primeiro semestre de 2018 registou “várias irregularidades” no domínio da gestão de recursos humanos, gestão financeira e patrimonial nas instituições públicas angolanas.

A informação foi transmitida pelo inspector-geral da Administração do Estado, Sebastião Domingos Gunza, durante  um seminário sobre as “Principais Irregularidades na Administração Pública e a Lei”, promovido pela IGAE.

Sem mencionar números ou nomes das instituições em causa, o inspector fez saber que a informação surge no quadro de “amostras” que a instituição dispõe, “fruto de inúmeras inspeções já realizadas”, surge para “colmatar as falhas” que se têm registado a nível das instituições do país.

 

Comentários