Empresa angolana vence prémio internacional de design

O designer industrial e director criativo da ARPINO, Carlos Pereira, recebeu o prémio na cerimónia que decorreu no dia 8 de Julho, em Essen, na Alemanha.

10 Jul 2019 / 07:59 H.

A “OXS”, primeira linha de mobiliário urbano criada pela ARPINO, empresa angolana do Grupo CIPRO, venceu o prémio “RED DOT” na categoria Best of the Best, “um dos mais importantes prémios internacionais de design, que ao longo de 60 anos tem distinguido os mais inovadores profissionais e suas criações”, informa a empresa numa nota enviada ao Mercado.

O designer industrial e director criativo da ARPINO, Carlos Pereira, recebeu o prémio na cerimónia que decorreu no dia 8 de Julho, em Essen, na Alemanha.

“A série “OXS”, que estará em exposição no Museu RED DOT, distingue-se pelas linhas minimais e estrutura modular, que de uma forma simples permite uma grande flexibilidade, ajustando-se aos vários espaços e evolução dos mesmos. A reabilitação e o acesso de todas as pessoas à vivência do espaço público entendido como fenómeno de fusão étnica, cultural, religiosa, bem como a consciência de um espaço público em mudança com grande impacto da informação tecnológica, foi o ponto de partida para a criação desta linha desenhada e produzida entre Portugal e Angola”, lê-se na nota informativa.

A ARPINO é uma marca de design urbano. Desenhada e produzida entre África e Europa, as suas peças incorporam tecnologia, design contemporâneo e sustentabilidade ambiental.