BNA revoga licenças de casas de câmbio por inactividade

As instituições abrangidas são as primeiras a perder este ano as licenças que lhe haviam sido atribuídas pelo banco central.

Angola /
11 Jul 2019 / 15:46 H.

O Banco Nacional de Angola (BNA) revogou as licenças de seis casas de câmbio e de uma cooperativa de crédito por “inactividade por período superior a seis meses”, segundo um comunicado divulgado quarta-feira em Luanda.

As instituições abrangidas são as primeiras a perder este ano as licenças que lhe haviam sido atribuídas pelo banco central.

As casas de câmbios em Angola deixaram de obter divisas através dos leilões, então semanais, a partir de Janeiro de 2018, o que levou à paralisação das actividades.

O BNA abandonou a 9 de Janeiro desse ano o sistema de câmbios fixados por via administrativa, tendo começado a vender as divisas aos bancos comerciais em leilões, com periodicidade semanal numa primeira fase, mais tarde tri-semanal e actualmente diária.

Desde então, a moeda angolana já se depreciou cerca de 52% face à europeia e à norte-americana, transacionando-se agora a 389,491 kwanzas/euro e a 347,667 kwanzas/dólar, sendo que em Janeiro de 2018 um euro equivalia a 185,4 kwanzas, enquanto um dólar se transaccionava a 165,92 kwanzas.