Venezuela passa a ter duas unidades monetárias em 20 de Agosto

A Venezuela vai passar a ter duas unidades monetárias contabilísticas, o bolívar soberano e o petro, uma criptomoeda venezuelana, a partir da próxima segunda-feira, anunciou o Presidente Nicolás Maduro.

Naquela data, a Venezuela vai eliminar oficialmente cinco zeros da atual moeda, o bolívar forte, dando origem ao bolívar soberano, anunciou Maduro, no final de uma reunião com o gabinete económico, no palácio presidencial de Miraflores, na segunda-feira.

“Todas as operações [da PVSA] vão ser registadas com a unidade contabilística petro. Uma mudança fundamental no modelo monetário, para uma nova economia do país”, afirmou.

A partir da próxima segunda-feira, o Banco Central da Venezuela começará a publicar os valores oficiais de funcionamento, com a ancoragem do bolívar soberano no petro, dia a dia”, disse.

O petro vai ser a unidade contabilística de referência obrigatória para a empresa petrolífera estatal Petróleos da Venezuela SA (PDVSA).

Comentários