Mota-Engil vence dois contratos da Petrobras no Brasil

A subsidiária da Mota-Engil no Brasil ganhou dois novos contratos para construção e montagem de plataformas offshore da Petrobras, num total de 135 milhões de euros.

No primeiro contrato assinado com a petrolífera brasileira, a Empresa Construtora Brasil (ECB), detida em 50% pela construtora brasileira, apresentou a proposta com o preço mais baixo e vai realizar obras de arruamento no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), em Itaboraí, no valor de cerca de 30 milhões de euros, segundo a imprensa brasileira.

Já no segundo contrato, com o valor de 105 milhões de euros, a Petrobras adjudicou à ECB um lote de construção com um prazo de execução de quatro anos.

A Mota-Engil não ainda não comentou sobre os negócios. Esta sexta-feira, a empresa chegou a registar ganhos na bolsa, depois de ter apresentado um crescimento nos lucros esta quinta-feira. No entanto, está agora a derrapar 1,61%, com as ações da construtora a cotarem nos 2,76 euros.

 

Comentários