Governo aceita capital privado na TAAG

O governo admitiu a participação de capital privado na transportadora aérea TAAG devido às actuais dificuldades financeiras, disse o presidente da Comissão Executiva da companhia, Rui Carreira.

Angola /
14 Mar 2019 / 08:16 H.

“Quando se fala na privatização da companhia, deve-se ter em conta que o Estado já não tem a pujança que tinha em anos anteriores, em que era capaz de financiar as suas empresas de uma forma mais folgada”, disse Carreira, segundo Angop.

O presidente da Comissão Executiva da TAAG adiantou que o investidor privado preenche a incapacidade financeira do Estado, entrando com capital que permitirá ultrapassar a situação financeira e operacional da companhia, “tornando-a rentável.”