Abanca integra 334 trabalhadores do Deutsche Bank Portugal até 9 de Junho

O ABANCA tem 49 trabalhadores em Portugal e vai integrar 334 trabalhadores do Deutsche Bank, em resultado da anunciada aquisição da rede de Particulares e Banca Privada (private banking) da sucursal do banco alemão em Portugal.

15 Abr 2019 / 12:07 H.

A data estimada para a efectivação final da aquisição e integração será 9 junho de 2019.

Por outro lado, o Deutsche Bank, actualmente liderado por Bernardo Meyrelles, manter-se-á em Portugal, com uma estrutura de 40 trabalhadores, vocacionada para a banca corporativa.

“O ABANCA tem como objectivo a plena integração de todos os trabalhadores no projecto que desenvolve em Portugal, apostando na estabilidade laboral e no respeito pelos direitos dos trabalhadores e na sua realização profissional”, avança o comunicado conjunto dos sindicatos do sector.

Numa actuação concertada os Sindicatos SNQTB (Sindicato Nacional dos Quadros Técnicos e Bancários), Sindicato dos Bancários do Norte (SBN) e o Sindicato Independente da Banca (SIB), estiveram hoje reunidos, em Lisboa, com o ABANCA, tendo debatido o processo de integração do Deutsche Bank, que se encontra em curso.

A esse propósito, foi comunicada a intenção de conjugar os direitos e benefícios vigentes no ABANCA e no Deutsche Bank, “com vista a que os trabalhadores possam usufruir transversalmente das vantagens existentes em ambas as instituições”, diz o comunicado dos sindicatos.

Em resultado desta integração, “os trabalhadores do Deutsche Bank serão abrangidos pelo ACT (Acordo Colectivo de Trabalho) do sector bancário (que este não subscreveria) nos termos outorgados pelo ABANCA”, diz a mesma nota.