Tempo - Tutiempo.net

Nova ‘bomba’ da Bugatti custa oito milhões de euros, mas já está esgotada

A Bugatti apresentou na passada sexta-feira, 16 de agosto, a nova ‘besta’. O Bugatti Centodieci presta a sua sentida homenagem ao antigo Bugatti EB110, que data de 1991, com cada vez mais potência.

Europa /
21 Ago 2019 / 17:15 H.

Este superdesportivo da marca francesa tem como base o Chiron convencional, carro na coleção de Ronaldo, mas tornou-se mais exclusivo. Limitado a 10 unidades, estando já todas reservadas e compradas, o automóvel tem um preço fixado em oito milhões de euros, antes da aplicação de impostos.

O Bugatti EB 110 marcou os anos 90 e o Centodieci promete marcar os novos anos 20. O superdesportivo da fabricante gaulesa, mas detida pelo grupo Volkswagen, contava com um motor V12 com quatro turbos e um chassis em fibra de carbono. Foi durante algum tempo o carro mais rápido do mundo, fixando a sua marca nos 351 quilómetros horários. O tributo não poderia diferenciar-se mais do EB110.

A traseira futurista acrescenta personalidade ao novo modelo da Bugatti, dando a entender que é um superdesportivo de última geração.

Em termos mecânicos, o Centodiece conta um com motor W16 de 8.0 litros e quatro turbos, semelhante ao Chiron. No entanto, a surpresa chega na estrada, pois o tributo debita uma potência de 1.600 cavalos às sete mil rotações por minuto, mais 100 cavalos do que o Chiron.