Brasil disponibiliza mais 56,8 milhões de euros para assistência e ajuda aos venezuelanos

As autoridades brasileiras alocaram mais 223,8 milhões de reais (cerca de 56,8 milhões de euros) para assistência e ajuda aos venezuelanos que fogem da crise económica, política e social do seu país.

Brasil /
02 Mai 2019 / 09:24 H.

O decreto correspondente foi publicado no Diário Oficial da União e a dotação deve ser aprovada no prazo de 120 dias pelo Congresso brasileiro, embora os fundos já tenham sido disponibilizados ao Ministério da Defesa.

O dinheiro será utilizado para a “manutenção da ajuda humanitária” e para a “ajuda logística” da Operação Recepção, que o Governo brasileiro lançou no ano passado para receber milhares de venezuelanos, explicou o porta-voz da presidência, Otávio Rego. Barros, durante uma conferência de imprensa em Brasília.

O programa Recepção da Operação começou em abril do ano passado é coordenada pelo Exército e na qual estão envolvidas organizações internacionais como as Nações Unidas.

Rego disse ainda que a ajuda humanitária é a única missão que o Governo brasileiro pretende realizar em relação à Venezuela e descartou “completamente” uma intervenção militar no país vizinho.