Aeroporto de Lisboa é o pior do mundo, conclui ‘ranking’ da AirHelp

“Aeroportos portugueses presentes no ranking precisam de melhorar significativamente no que diz respeito à pontualidade”, refere o CEO e fundador da AirHelp.

09 Mai 2019 / 17:30 H.

Na categoria de melhores aeroportos do mundo, o aeroporto Humberto Delgado em Lisboa, surge na 132ª e última posição do ranking, enquanto na vertente das melhores companhias aéreas, a TAP Air Portugal surge na 61.ª posição, entre 72 companhias.

Esta avaliação das companhias e aeroportos foi lançada em 2015, e tem como parâmetros de classificação a qualidade do serviço, a pontualidade, o tratamento de reclamações, alimentação e lojas, tendo também em conta os serviços prestados durante e após o voo.

A AirHelp utilizou fontes privilegiadas para a criação deste ranking, juntando também estatísticas de voo, dezenas de milhares de opiniões de clientes e a experiência adquirida ao ajudar 10 milhões de passageiros em todo o mundo a submeterem pedidos de compensação após perturbações em voos.

A TAP Air Portugal teve uma pontuação final de 6,04, com uma pontuação de 7,7 em qualidade de serviço, 5,3 em tratamento de reclamações e 5,2 em pontualidade, ou seja, 52% dos voos chegam no horário estipulado.

No que toca aos aeroportos, o aeroporto Humberto Delgado em Lisboa, surge com uma pontuação de 5,77 pontos, com 7,4 pontos na alimentação e lojas, 7,3 pontos na qualidade de serviço e 4,7 em pontualidade.

Também neste ranking aparece o aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, na 125.ª posição, com uma pontuação final de 6,46 pontos, sendo a qualidade de serviço o parâmetro com a pontuação mais elevada, 7,9 pontos, seguida da alimentação e lojas (7,6) e a pontualidade (5,6).

Além do aeroporto Humberto Delgado (132º lugar), integram a lista dos cinco piores aeroportos mundiais, o aeroporto internacional de Malta (128.º), o aeroporto internacional Henri Coandă, na Roménia (129.º), o aeroporto de Eindhoven, na Holanda (130.º) e o aeroporto internacional do Kuwait (131.º).

“É evidente que os aeroportos portugueses presentes no ranking precisam de melhorar significativamente no que diz respeito à pontualidade. Embora tenham uma boa pontuação em qualidade de serviço e alimentação e lojas, apresentam uma elevada taxa de atrasos”, refere Henrik Zillmer, CEO e fundador da AirHelp.

Em sentido inverso, o Qatar, com o Aeroporto Internacional de Hamad, surge na primeira posição, tal como no ano passado. A lista dos cinco melhores aeroportos fica completa com o aeroporto internacional de Tóquio, no Japão (2.º), o aeroporto internacional de Atenas, na Grécia (3.º) o aeroporto internacional Afonso Pena, no Brasil (4.º) e o aeroporto Gdańsk-Lech Wałęsa, na Polónia (5.º).

O Qatar lidera também na categoria de melhor companhia do mundo, através da Qatar Airways, com uma pontuação final de 8,23 pontos, mantendo a posição do ano anterior, numa altura em que companhia se prepara para lançar em junho a rota Lisboa-Doha. A American Airlines, dos Estados Unidos surge no segundo lugar, com a Aeromexico, do México no terceiro posto. A Scandinavian Airlines, da Suécia, ocupa o quarto lugar e a quinta posição pertence à australiana Qantas.

No fundo da tabela com as classificações mais baixas aparecem a Ryanair, da Irlanda (68.º), a Korean Air, da Coreia do Sul (69.º) a Kuwait Airways (70.º), a easyJet, do Reino Unido (71.º) e a Thomas Cook Airlines, do Reino Unido (72.º).

Temas