A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

07 Ago 2019 / 11:58 H.

Um grupo de homens armados invadiu a Casa da Moeda, na Cidade do México, e roubou 1.500 mil moedas e relógios comemorativos, de acordo com os primeiros relatórios das autoridades mexicanas.

De acordo com o jornal espanhol El País, seriam 10h30 da manhã no Paseo de la Reforma, a grande avenida deste bairro financeiro que atravessa a Cidade do México, quando o grupo de homens armados entrou na Casa da Moeda e roubou dos cofres uma fortuna avaliada em 50 milhões de pesos, cerca de 2,2 milhões de euros.

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto.

Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado, como mostram as câmaras de vigilância. Esta é uma das três lojas da Casa da Moeda no México.

O secretário de Segurança da capital, Jesús Orta, admitiu na terça-feira, numa entrevista de rádio que eles ficaram surpresos com a facilidade com que entraram no cofre e anunciou que o Ministério Público está a interrogar os funcionários e a guarda de segurança da instituição. “Aparentemente eles não seguiram os protocolos de segurança, o que teria facilitado a ocorrência deste assalto”, disse Orta.

O assalto, apesar de aparatoso, não fez quaisquer feridos, mas relança a polémica da segurança no México e em especial na capital, uma das mais violentas do mundo. Não é a primeira vez que a loja da Casa da Moeda é de um assalto. Em julho de 2018, um grupo de pessoas invadiu o prédio durante as obras e roubou moedas de prata e ouro. Um roubo avaliado em três milhões de pesos, informou a imprensa local.

O caso faz lembrar a série de sucesso espanhola da Netflix “La Casa de Papel” que já vai na 2ª temporada e retrata precisamente “o assalto do século” à Casa da Moeda de Espanha.

Temas